terça-feira, 20 de janeiro de 2015

As crenças (enquanto manifestações rígidas de apego a uma verdade ilusória), talvez sejam mesmo irrelevantes. O mesmo não se aplicará aos pensamentos que as formam. 
Ups... talvez algumas sejam socialmente impostas ou aceites pelo conformismo em que germina a inércia do pensar. Mas isso também é irrelevante. 
Não sei se Deus é arquitecto mas, com certeza, é perito em matemática.



Sem comentários:

Enviar um comentário