sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

A vontade é eterno mistério da volubilidade insusceptível de juízos de prognose em linha reta acerca da nossa vida. 
Afinal: o que é a vontade? Seja ela livre ou determinada: qual é a sua origem? O que a alimenta? E o que é que a faz cessar? 
Não sabemos nada e agimos como se soubéssemos ou como se conseguíssemos colocar ordem, através da razão, em um mundo de reminiscencias emocionais que, pela sua inexplicabilidade, pertencerá sempre ao reino do caos. 

By Mary






Sem comentários:

Enviar um comentário