segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Aqui,
onde a natureza é poesia
que (nos dias de neblina)
se funde com o misticismo
e com os mistérios da existência,
há qualquer coisa
de paz e inspiração.
Aqui,
neste pedaço de serra
adornado pelo verdejar
das árvores,
há qualquer coisa supra-material.
Aqui,
neste monte da lua,
sinto qualquer coisa especial.

By Mary

Serra de Sintra, 24/08/2016

Sem comentários:

Enviar um comentário